terça-feira, 2 de setembro de 2014

Parar, nunca!


Quanto já ouvimos dizer: serei feliz quando... ganhar na loteria, emagrecer tantos quilos, arrumar um namorado... ... A felicidade independe de qualquer coisa, ela existe ou não existe, porém podemos nos influenciar pelos fatos do meio em que vivemos e, com isso, a abalarmos.
A vida vai passando e muitas vezes rareamos a nossa felicidade por fatores externos. Às vezes não enxergamos as portas que dão para a felicidade. Têm situações que nos acomodam tanto que preferimos abrir mão da real felicidade para nos mantermos na zona de conforto. Acredito que nada na vida seja por acaso, tudo tem razão de ser e acontece no momento certeiro, mas não é por isso que vamos cruzar os braços e sermos simples marionetes nas mãos de Deus, afinal o livre arbítrio existe e temos de lutar pelos nossos ideais. Não é tão fácil quanto parece, mas é preciso dar o primeiro passo. Particularmente enfrento momentos em que o ócio predomina, mas o fato de saber disso já me faz tentar mudar. À partir do instante que nos tornamos conscientes de nossas falhas, elas já ficam prestes a serem exterminadas.
O ser humano tem a mania de julgar a tudo e a todos e muitas vezes enxergamos nos outros os defeitos que passam despercebidos em nós. Se nos preocupássemos mais com a nossa própria evoluç ão, com a nossa própria vida, certamente tentaríamos errar menos e buscaríamos mais o crescimento pessoal. Como diamantes, seríamos lapidados diariamente e veríamos o sofrimento como um trampolim para o apogeu. Infelizmente a dor quase sempre nos torna amargos, rebeldes e revoltados. Não a qualificamos como um empurrão para sairmos do lugar, amadurecermos. Queremos sempre mais do que necessitamos e estamos sempre de olho nas coisas que ainda não temos, nunca damos real valor ou agradecemos pelas coisas que já alcançamos. É como se fôssemos a um restaurante, pedíssemos um prato e quando este está prestes a ser degustado, olhamos para a mesa ao lado, enchemos nossos olhos com o prato ao lado e acabamos por ignorar a beleza daquele à nossa frente. É típico do ser humano! Complicamos as coisas sem percebermos. Quando crianças almejamos tanto a adolescência que parece que o tempo não anda. Chegamos à adolescência e queremos ser adultos, aí como adultos queremos brecar o tempo e ele não nos obedece nunca. E assim, sempre buscando, caminha a humanidade. Não podemos parar nunca, afinal a própria natureza trabalha 24 horas por dia, quem somos nós para vivermos a passeio?! (Denise Flamboiant)

Apoio:


02-09-2014


sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Guarda treina agentes para atuar contra o crack

A GCM – Guarda Civil Municipal realiza a partir desta segunda-feira (01/9), às 7h30, no auditório Juan Bérgua, localizado no térreo da Prefeitura de São José do Rio Preto, o curso nacional de multiplicador de Polícia Comunitária do programa Crack é possível Vencer.
Crédito da foto:Sergio Menezes/SMCS
O curso visa capacitar agentes para ação comunitária.

O curso vai até o dia 26 de setembro e faz parte de uma iniciativa que vai resgatar moradores de rua com a ação conjunta de três secretarias: Assistência Social, Saúde e Trânsito, com o suporte da GCM – Guarda Civil Municipal.

O objetivo é treinar os agentes da Guarda Municipal para atuar em mediação e resolução pacífica de conflitos, gestão de projetos entre outras iniciativas. Serão destacados 40 agentes para atuar na abordagem de moradores de rua e usuários de crack, monitorados por um ônibus equipado com 20 câmeras e mais quatro viaturas da GCM para dar respaldo aos agentes de saúde e da assistência social.

O curso é a última etapa antes da implantação do projeto, que deve ter início ainda este semestre. “Trata-se de uma medida importante no combate ao crack. Rio Preto sai na frente e será a primeira cidade a implantar projeto desse porte”, explica o comandante da Guarda Municipal, coronel João Roque Borges de Souza-(fotofacebook)

**São José do Rio Preto conta atualmente com 300 moradores de rua, sendo, segundo Secretaria de Assistência Social, 80% com problemas com álcool e drogas, principalmente o crack. Mas eles tem de querer ajuda, aderir aos programas implantados pelo municipio,senão, fica dificil.

29-08-2014.

Uma pequenna


Ahhh, como é bom ouvir "causos" dos antigos, não é mesmo? Esta semana, casualmente, parei para ouvir um do Rolando Boldrin. Ele dizia que quando jovem, adolescente, sem condições de entrar nos bailes da vida, ficava com sua turma na porta esperando uma brecha para entrar, ou seja, a permissão por parte da portaria quando já quase raiava o dia. Num desses episódios, contemplando o movimento no lugar de costume, viram uma banda parar na portaria e o porteiro indagar: - Quem são vocês? Ao que responderam: - Somos da banda. E lhes permitiram a entrada. Logo em seguida um rapaz, sozinho, estava passando pela portaria quando foi abordado pelo mesmo porteiro: - Quem é você? Respondeu: - Sou da Banda. Em resposta: - Mas a banda já entrou e você nem tem instrumento... Contrap ôs: Ahhh, sim, sabe aquela música, o Mambo? Tam, tam,tam,tam, tam tam, Huuuuuu? Pois é, sou o cara de grita o Huuuuu. Deixou-o entrar. Assim sendo, um dos amigos de Rolando, vendo o fato, chegou à portaria e foi entrando. Novamente o porteiro questionou: Quem é você? Respondeu: - Sou da Banda. Em resposta: - Mas a banda já entrou e você nem tem instrumento... Contrapôs: Ahhh, sim, sabe aquela música, o Mambo? Tam, tam,tam,tam, tam tam, Huuuuuu? Pois é, faço parte... E ouviu: - Mas este rapaz já entrou. E retrucando informou: - Ahhh, mas eu sou o cara que cutuca ele pra fazer huuuuuu... E entrou... (risos). Criativo o rapazinho, não é mesmo? Pois é, ao invés de ficar amuado, tristonho porque não tinha dinheiro para entrar na festa, deu seu jeitinho brasileiro, cheio de malícia e alcançou seu objetivo: curtir a noite a doidado... (Denise Flamboiant)


Apoio:



29-08-2014.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

OPERAÇÃO DA DISE-DIG DETONA PONTOS DE TRÁFICO E PRENDE SUSPEITOS

BALANÇO FINAL



***(Todos os dados dos presos e do que foi apreendido com eles são oriundos da Policia Civil)***

As Delegacias Especializadas DIG/DISE de São José do Rio Preto realizaram na manhã desta quinta-feira, 28-08, uma operação de combate ao tráfico de drogas. Equipes de investigadores realizaram levantamentos de pontos de tráfico e nesta data os policiais ingressaram nos locais.
No Jd. Santo Antônio, na região norte, os investigadores prenderam em flagrante Deivid de Oliveira Lima, de 22 anos. Ele era suspeito de embalar e distribuir drogas naquele bairro. Na casa dele e no terreno em frente, os policiais localizaram balança de precisão, R$230,00 em dinheiro; 262 pinos de cocaína, 1 porção maior da mesma droga; 3 tijolos de maconha e 1 porção menor da mesma droga; 8 munições calibre 38. O suspeito foi conduzido à DIG e preso em flagrante por tráfico de drogas e posse de munição.
No Jd. Renascer, também na região norte, os policiais civis prenderam Tales Gomes Mendes da Luz, de 24 anos. Ele era investigado por armazenar entorpecentes em sua casa para posterior distribuição. Após a equipe chegar na casa dele, o suspeito tentou fugir, pulando o muro das casas e subindo nos telhados, mas foi detido. Em revistas no imóvel foram encontrados seis tijolos de maconha e uma porção da mesma erva, totalizando 8,150kg de drogas; além de balança de precisão. Ele foi conduzido e autuado por tráfico.
No Parque Industrial, na Rua Silva Jardim, os policiais civis foram verificar uma denúncia de tráfico. Na casa de Fabrício Antônio Alexandrino Neves de Almeida, de 23 anos, a equipe localizou uma porção de cocaína que ainda seria subdividida, uma balança de precisão e dezenas embalagens próprias para cocaína. Fabrício também foi preso em flagrante.

Dando prosseguimento à operação de combate ao tráfico iniciada pela manhã pelas delegacias DIG-DISE de Rio Preto, uma equipe de policiais civis foi até a Av. Tanabi, numa oficina, onde o proprietário Sandro Selis Lima, de 27 anos, era suspeito de traficar drogas. a equipe foi ao local e após buscas no estabelecimento comercial apreenderam dois tijolos e meio de maconha. O suspeito foi preso em flagrante por tráfico de drogas.
Além das prisões por tráfico, três pessoas foram detidas por porte de entorpecentes, e responderão em liberdade.


28-08-2014.

OPERAÇÃO DESMANCHE >Ações fecham 15 lojas de autopeças em cinco cidades



Quinze lojas de autopeças foram fechadas em cinco cidades que receberam a “Operação Desmanche” entre hoje (28) e ontem (27). Em Sorocaba, Mogi das Cruzes, Guarulhos, Votorantim e Santa Bárbara d’Oeste, 21 comércios foram fiscalizados no período.

As ações foram realizadas pelas polícias Civil, Militar e Técnico-Científica da região, em conjunto com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), as prefeituras o Ministério Público (MP) e a Secretaria Estadual da Fazenda.

Nesta quinta-feira (28), em Votorantim – a 106 quilômetros da Capital –, três comércios foram vistoriados. Eles acabaram emparedados pelo governo municipal após a autuação do Detran.

“Dois dos estabelecimentos guardavam veículos e peças com sinais de adulteração”, afirma o delegado Maurício de Quevedo, titular da Delegacia de Polícia do município.

Em Santa Bárbara d’Oeste, dos quatro vistoriados, dois não atendiam às regras da Lei dos Desmanches – criada para combater o roubo e o furto de veículos e o comércio ilegal de peças – e foram fechados.

A ação foi realizada por PMs e policiais das Delegacias Seccionais de Sorocaba e Americana, que se dividiram em equipes para fiscalizar as lojas de autopeças em Votorantim e Santa Bárbara, respectivamente.

Outras ações

Os outros nove desmanches foram fechados na quarta-feira (27). Em Sorocaba, no interior, dois de três lojas tinham irregularidades.

Na Grande São Paulo, de oito fiscalizados em Guarulhos, cinco foram lacrados, e os três comércios visitados pela polícia em Mogi das Cruzes foram fechados e autuados.

Balanço

De 14 de julho até agora foram realizadas 14 operações contra desmanches no Estado de São Paulo, 106 estabelecimentos foram vistoriados e 71 fechados. Já aconteceram seis ações na Capital, três na Grande São Paulo e cinco no interior.

Até agora, duas pessoas foram detidas em flagrante por adulteração e receptação de autopeça furtada. As prisões aconteceram na primeira operação, em julho, e na terceira, em 1º de agosto.

A Lei dos Desmanches foi criada para combater a venda irregular de veículos e peças usadas, e, consequentemente, diminuir os índices de furto e roubo de veículo. Na Argentina, onde uma lei semelhante foi implantada na década passada, a queda dos roubos e furtos de veículos foi de 50%.

O decreto que regulamenta a Lei dos Desmanches utiliza os critérios da Lei Ficha Limpa para autorizar o funcionamento destes estabelecimentos. De acordo com o Detran, até agora mais de 900 empresas apresentaram dados para o cadastro, quase 40% delas são da Capital.

INVESTIGAÇÃO
Polícia detém trio que adulterava caminhões roubados na zona norte

A Polícia Civil prendeu três homens suspeitos de comandar um esquema de adulteração de chassis de caminhões, na tarde de quarta-feira (27), na Vila Maria, zona norte da Capital. Na ação, equipes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) recuperaram três veículos roubados.

O local, na Avenida Tenente Amaro Felicíssimo da Silva, era investigado há dois meses pela 2ª Delegacia de Investigações sobre Roubo de Carga (Divecar), do Deic. Nesse período, os policiais descobriram que a oficina mecânica era, na verdade, uma base para adulteração de caminhões.

Ontem, a polícia montou campana na região e conseguiu entrar no imóvel no mesmo momento em que um caminhão fazia manobras para estacionar no estabelecimento. Assim que entraram no local, investigadores encontraram ferramentas para adulteração de placas, escondidas em uma Kombi.

Três caminhões roubados, a perua e dois carros foram apreendidos no local e serão encaminhados à perícia do Instituto de Criminalística (IC). O dono da mecânica, J.E.C.M., de 42 anos, e os funcionários C.C.P., de 40, e J.G.S., de 31, foram presos em flagrante por receptação, associação criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Fonte e foto dos produtos apreendidos:SSP-Policia Civil.-divulgação.


28-08-2014

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

DIG-DISE incinera quase duas toneladas de drogas



As Delegacias DIG/DISE de Rio Preto realizaram em 27-08-2014, a incineração de quase duas toneladas de drogas. A destruição, uma das maiores já feitas, foi autorizada pela justiça. Os entorpecentes apreendidos nos últimos seis meses especialmente pela DIG/DISE, mas também por unidades da região foram reunidos e, sob forte esquema de segurança, escoltados até uma indústria da região, onde foram incinerados em uma caldeira.

O procedimento foi acompanhado pelo Ministério Público e por integrantes da Vigilância Sanitária.

Fonte e fotos-DIG-DISE para divulgação no Jornal do Povo Rio Preto-

27-08-2014.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Latrocínios, roubos e furtos de veículos caem em SP


Latrocínios, roubos e furtos de veículos caem em SP

Os latrocínios tiveram queda de 35,5% em julho deste ano no Estado de São Paulo. Foram registrados 20 roubos seguidos de morte no mês passado, enquanto esse número foi de 31 casos no mesmo período de 2013. Julho foi o terceiro mês consecutivo com redução neste indicador de criminalidade.

Desde janeiro, os latrocínios acumulam uma redução de 6%, de 234 casos nos primeiros sete meses do ano passado para 220 roubos seguidos de morte no mesmo período de 2014.

Em julho, os roubos e furtos de veículos caíram pelo segundo mês consecutivo. Os roubos de veículos tiveram uma queda de 11,2%, com 7.460 casos no mês passado ante 8.405 em 2013. A redução de furtos de veículos foi de 0,5%. Foram registrados 10.068 casos em julho deste ano, enquanto houve 10.114 em 2013.

Os furtos mantêm a trajetória de queda. Em julho, foi completado um ano de quedas consecutivas no indicador. Com 42.005 registros, este é a quarta menor marca na série histórica, atrás de 2001 (35.925 registros), de 2002 (37.034) e de 2010 (41.916). A queda deste indicador de criminalidade foi de 6,2% em relação aos 44.803 do mesmo período do ano passado.

Desde janeiro, os furtos acumulam uma queda de -3,7%, com 309.579 registros ante 321.349.

Homicídios

As mortes intencionais cresceram 6,8% em julho. Os 332 homicídios do mês passado são a terceira menor marca para um mês de julho na série histórica, atrás apenas de 2010, com 308 mortes intencionais, e do ano passado, com 311 registros no mesmo período.

No Estado, a taxa de homicídios nos últimos 12 meses é de 10,34 homicídios por 100 mil habitantes, próxima da taxa preconizada pela ONU de 10 hom./100 mil hab.

Nos primeiros sete meses do ano, os homicídios acumulam queda 1,2%, com 2.517 mortes intencionais ante 2.548 em 2013. Este número é o segundo menor da série histórica, atrás apenas de 2011, que teve 2.390 registros. Nos últimos 16 meses, houve redução de homicídios em 12 meses.

Pela segunda vez no ano, os roubos tiveram um crescimento abaixo dos 15% em São Paulo. No mês passado, a alta foi de 12,6%, com 25.825 roubos ante 22.931 o mesmo período de 2013. O aumento deste indicador de criminalidade foi de 14,7% em junho.

Produtividade

As prisões e os autos de apreensão cresceram 9,5% no mês passado. Este indicador de produtividade policial subiu de 13.115 registros em julho de 2013 para 14.366 no mesmo período deste ano. Este é o maior número de prisões registrado em um mês de julho em toda a série histórica.

Os casos de apreensão de tráfico de entorpecentes em São Paulo tiveram alta de 11%, com 3.809 registros em julho de 2014 ante 3.431 no ano passado. O número também é recorde para um mês de julho.



Fonte:Secretaria Segurança Pública SP-para Jornal do Povo Rio Preto- divulgação.

28-08-2014

belinha


Nada acontece por acaso
Tudo tem uma razão de ser
Portanto meu destino foi traçado
Muito antes de eu nascer

Acredito no oculto,no mistério e muito mais
Pois nem mesmo sei quem sou
Reflito aqui nos meus "ais"

E a cada amanhecer,mais experiente estou
Minha vida tem uma história
E neste ritmo eu vou

Entre sorrisos e lágrimas
Definindo meu caminho
Plantando semente boa
Para não morrer sozinho. (Denise Flamboiant)

Apoio:

DeniseFlamboiant(3)25-08-2014


Fogo consome 75% de fábrica em Rio Preto.


Ocorrencia de incendio na Fabrica de Espumas e Tecidos para Decoração Flasplumas, à Rua Raul de Carvalho, esquina com a Prudente de Morais, no bairro Boa Vista, em São José do Rio Preto, por volta de 11 horas, desta segunda-feira, 25.
Segundo informações do P5 -Setor de Imprensa do Corpo de Bombeiros o comando da operação foi do sub-comandante da unidade Major Cléber Cochito com apoio do comandante do 1º SGB, o capitão Ivair, àgua de cinco viaturas autobombas (50 mil litros) foi utilizada. O incendio foi controlado uma hora e meia depois. Apenas uma senhora vizinha da fábrica foi socorrida pelo Samu devido intoxicação pela fumaça. Da fabrica nenhum ferido.
O alvará da loja estava dentro do prazo legal.


Faísca
Segundo o proprietario Valdemir Racanelli à polícia, a suspeita é que o fogo tenha partido da faísca de uma máquina que corta espumas. A policia cientifica esteve no local, os laudos apontarão as circunstancias do incendio.

A Defesa Civil emitirá laudo da avaliação do prédio ainda nesta terça-feira, 26. Não foi

Segundo o site: Coordenadoria Municipal de Defesa Civil

______A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil é responsável por um conjunto de medidas preventivas de socorro, assistenciais e recuperativas, destinadas a evitar ou minimizar desastres, preservar a moral da população e restabelecer a normalidade social.

Rua Lafayete Spinola de Castro, 1463 - Boa Vista
CEP 15025-510 - São José do Rio Preto
Telefone (17) 3211 1730
defesacivil@empro.com.br




Fonte P5-PM e P5 Bombeiros - fotos Silvio Trevisan-Jornal do Povo Rio Preto.
25-08-2015.

sábado, 23 de agosto de 2014

Menor posta fotos no Facebook ostentando arma e se dá mal



Os Setores de Inteligência da DIG e da Delegacia Seccional de Rio Preto realizaram uma investigação em conjunto a fim de identificar um rapaz que postava no site Facebook fotos exibindo uma arma de fogo. Os policiais então iniciaram as investigações e chegaram até o endereço do suspeito, localizado no Jd. Santa Cruz. Nesta sexta, 22, os investigadores ingressaram na casa e após buscas pelo imóvel localizaram quatro munições calibre 38, sendo duas delas de ogiva ponta oca ( conhecida popularmente por dum-dum). Os policiais civis ainda encontraram pedras de crack prontas para o comércio, maconha, cocaína e farto material para embalar drogas. Indagado a respeito da arma que ostentava no site de relacionamento, o investigado disse que repassou para um terceiro, o qual não quis dar detalhes. V.H.G.S. de dezesseis anos, foi apreendido por tráfico de drogas e posse de munição.

O adolescente que já tinha passagens por tráfico e por assalto foi autuado por tráfico e posse de munição. A Vara da Infancia e da Juventude entrou no caso.

23-08-2014.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

POLÍCIA MILITAR PRENDE MULHER COM 7 TIJOLOS DE COCAÍNA

NOTA DE IMPRENSA

Equipe da Força Tática do 52º Batalhão de São José do Rio Preto-SP prendeu na madrugada desta sexta-feira, 22-08, uma mulher que levava em seu veículo 7 tijolos de cocaína.

Por volta das 04h30 de sexta-feira, 22, a equipe Policial, em patrulhamento na Rodovia Assis Chateaubriand no município de José Bonifácio, realizou abordagem a um veículo com placas de Dourados-MS.

A condutora do veículo ao ser entrevistada apresentou nervosismo e disparidade nas informações fornecidas aos Policiais. Em vistoria ao seu veículo, um objeto suspeito foi visualizado pela saída de ar do carro, sendo quem em busca minuciosa foram encontrados 7 tijolos de cocaína dentro do painel.
A condutora do veicula, A.S.E.Q, 33 anos, funcionária pública do município de Caarapo – MS, foi conduzida presa à Delegacia da Polícia Federal de São José do Rio Preto.
São José do Rio Preto, 22 de agosto de 2014.

Relações Públicas do Comando de Policiamento do Interior 5 com fotos para divulgação-